segunda-feira, 9 de maio de 2016

O Lenço Dobrado...

Curitiba (PR), 09/mai/2016 - (22:15:58 hs)    Olá, pessoALL!    Que Deus possa continuar fortalecendo-nos para as  provas  pelas  quais passaremos neste dia.    Você sabe o que significa o lenço dobrado sobre a mesa?    P.S.: clicando no link abaixo você será direcionado ao meu  blog  pessoal, 100% seguro! Pode clicar sem medo de ser feliz!!!    http://essa-vale-a-pena-ver.blogspot.com.br/2012/07/o-lenco-dobrado.html    Se por ventura você  receber  a  mensagem  de  que  o  blog  foi  removido, tente acessá-lo novamente DAQUI A 10 MINUTOS:  como  o  blog é muito acessado, isso ocorre quando há excesso de  visitas  AO MESMO TEMPO...    ATENÇÃO: se  por  ventura  você  estiver  DESCONTENTE  em  estar  recebendo estas mensagens isentas de palavrões  e  sem  qualquer  conteúdo sensual, não  deseja  mais  continuar  recebendo  novas  mensagens com qualidade, cancelar  a  inscrição  neste  grupo  e  parar de receber seus  e-mails,  RESPONDA  à  essa  mensagem  de  e-mail e  COLE  NO  CAMPO  DESTINATÁRIO  DO  E-MAIL  o  endereço  essa-vale-a-pena-ver+unsubscribe@googlegroups.com.     A     sua  decisão será respeitada, acima de tudo.    Em caso de dúvidas, poderá contactar-me através  de  alguma  das  opções abaixo especificadas.    Sendo o que havia para o momento,  coloco-me  ao  vosso  inteiro  dispor  para  prestar  maiores  esclarecimentos  que  se   façam  necessários.    Abraços em Cristo!    Anderson H. Rieper - Tecnólogo em Processamento de Dados - SPEI    Desenvolvimento de Sistemas Para Empresas    Micro com problemas?? Vírus, lentidão, reiniciando ou travando??  Apenas R$ 12,00 através de acesso remoto para QUALQUER cidade do  Brasil!!! Mais informações envie e-mail ConsertoBarato@gmail.com    Receba mensagens que realmente VALEM A PENA LER, 100% isentas de  palavrões ou mesmo qualquer conteúdo sensual. Situações cômicas,  reflexões, dicas de saúde, momentos de meditação e muito mais!!!  Inscrever-se em: essa-vale-a-pena-ver-subscribe@googlegroups.com    Quer deixar de fumar mas não consegue??? Já tentou várias vezes,  todas sem sucesso? Comprou produtos que revelaram ser uma grande  mentira? Eis a solução simples: CursoComoDeixarDeFumar@gmail.com    Problemas em sua vida? Perdeu a esperança?? www.esperanca.com.br    ::..::..:: EMAIL ELETRÔNICO andersonrieper@gmail.com ::..:::..::    ::..::..:: ::..::..:: SKYPE anderson.rieper ::..::..:: ::..::.::    ::..::..:: : FACEBOOK www.facebook.com/andersonrieper ::..::..::    :..: BLOG PESSOAL http://essa-vale-a-pena-ver.blogspot.com :.:.:    ################################################################  %%%%%%%%%%%%%%%%% MOMENTO DE MEDITAÇÃO Nr. 958 %%%%%%%%%%%%%%%%%  ################################################################    Tempos atrás, bater nas crianças  era  o  modo  preferencial  de  educá-las. Tanto que nem se questionava se  os  pais  tinham  ou  não esse direito. Com isso, os comportamentos  de  obediência  e  respeito muitas vezes escondiam o medo que  as  crianças  tinham  de apanhar. Os adultos  mantinham  a  rédea  curta  e,  sem  dar  muitas explicações, faziam com que a criança seguissem regras  e  se submetesse à vontade dos mais velhos. Palavras  como  diálogo  e respeito mútuo são recentes na história da educação.    Os pais de agora aprenderam que, pelo modelo antigo, os  adultos  corriam o risco de ser tiranos e injustos  com  as  crianças,  e  até mesmo de usar os filhos como saco de  pancadas  apenas  para  dar vazão às próprias  frustrações.  Acontece  que  muitos  pais  modernos se tornaram liberais em excesso. Não dizem  "não"  para  nada. Preocupados em não frustrar  os  filhos,  não  percebem  o  quanto o prejudicam com essa atitude permissiva, pois  liberdade  excessiva   produz   adultos   sem   noção    de    limites    e  responsabilidades. Quem diz "sim" o tempo todo para  não  passar  a imagem de autoritário está criando uma situação  fantasiosa  e  perigosamente distante da vida real.    As crianças precisam, sim, de limites, e essa é uma  tarefa  que  abrange vários aspectos. Ensinar limites é, entre outras coisas:    * Ensinar que, dentro de certos  parâmetros  de  hierarquia,  os  direitos são iguais para todos;    * Que existem outras pessoas no mundo;    * Que muitas coisas podem ser feitas e outras não;    * Ensinar a tolerar as pequenas frustrações  e  assim  poder  de  forma adequada lidar com os problemas no futuro;    * Ensinar que as ações tem conseqüências.    É  preciso  encontrar  um  ponto  de  equilíbrio  entre   aquela  autoridade opressiva,  da  pancada  "educativa"  e  a  noção  de  liberdade sem limites que a sucedeu.    O bater não ensina  limites.  Muito  ao  contrário,  mostra,  na  maioria as vezes, um descontrole e falta de  limites  do  outro,  pois é, em geral, uma forma de escape de  quem  bate.  É  aquele  momento do  auge  da  irritação  em  que  se  sente  vontade  de  descarregar a raiva batendo em quem lhe causa  esse  sentimento.  O interessante é que, quando temos esse sentimento em relação  a  um chefe ou outro adulto, conseguimos nos  conter  e,  quando  o  motivo da irritação é um filho, não se pensa  duas  vezes  antes  de aplicar-lhe umas palmadas.    Com isso,  não  queremos  dizer  que  a  criança  não  deva  ser  castigada. Porém, é importante diferenciar castigos  físicos  de  outros castigos. Como parte da educação, o castigo não deve  ser  aplicado como um forma de vingança ou desforra, mas sim como  um  meio eficaz de reforçar as diretrizes que os pais estabeleceram.  É preciso mostrar que certos comportamentos não são  aceitos  ou  o não cumprimento de tarefas  têm  uma  conseqüência.  Com  esse  intuito, deve ser aplicado sempre que necessário  e  não  apenas  quando as coisas já passaram dos limites. Quanto antes  os  pais  agirem, mais facilmente os filhos aprenderão. Assim,  o  castigo  deve ocorrer preferencialmente logo após o delito e  deve  estar  relacionado à falta cometida. Quando as  tentativas  de  diálogo  se esgotam sem resultados, os pais não tem outro recurso  a  não  ser fazer uso de um castigo.    Educar  demanda  tempo,  disponibilidade  para  o  diálogo  e  a  construção de uma relação mais justa entre  pais  e  filhos.  As  crianças buscam e querem limites. Elas  querem  saber  até  onde  ir, e é uma forma de demonstrar amor por elas colocando-lhes  os  limites, claros e  coerentes.  Educar  não  é  tarefa  fácil;  é  preciso paciência, insistência e persistência. A  cada  momento,  os pais têm que reagir de um jeito. É preciso  ser  criativo  na  educação. Assim, há horas em que precisamos brincar e  horas  em  que é preciso ser firme sem violência.    Para  maiores  referências,   consultar   COMO   FORMAR   FILHOS  VENCEDORES, página 57,  autora  Nancy  Van  Pelt,  editora  Casa  Publicadora Brasileira...

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Essa Vale a Pena Ver" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para essa-vale-a-pena-ver+unsubscribe@googlegroups.com.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

Um comentário:

Blogger disse...

Do you need free Twitter Followers?
Did you know that you can get them ON AUTO-PILOT & TOTALLY FOR FREE by registering on Like 4 Like?

Postar um comentário